nutricao-de-leads-voce-tem-cometido-esses-4-erros.jpeg

Nutrição de leads: você tem cometido esses 4 erros?

8 de janeiro de 2018 Categorias (1) Tags (1)

Apenas gerar leads é insuficiente para qualquer tipo de negócio que pretenda aumentar seu faturamento: é necessário nutri-los para criar um relacionamento duradouro com uma marca.

que são corriqueiras para quem não conta com um auxílio especializado (nem uma boa estratégia) podem ser completamente equivocadas e não gerar bons resultados, ou até mesmo trazer prejuízos.

Será que você também tem cometido estes 4 erros no momento de realizar a nutrição de leads? Descubra quais falhas são imperdoáveis para o sucesso de um negócio e como evitá-las!

1. Enviar ofertas o tempo todo

É bastante comum que os empresários sem orientação acreditem que, assim que se torna um lead, o visitante já está extremamente interessado em fazer compras e adquirir um bem ou serviço oferecido pela loja, passando a inundá-lo com ofertas de todos os tipos.

A atitude não poderia ser mais errada. O fluxo de nutrição dos leads deve focar em conteúdos de qualidade que eduquem, seja informativos e mostrem ao visitante que seu negócio não está interessado apenas em vender a qualquer custo e empurrar produtos, mas sim em resolver um problema específico que atinge aquela pessoa.

2. Não conhecer o cliente

Para saber quais assuntos devem ser abordados a fim de aumentar a taxa de conversão dos leads gerados, é importante conhecer o público da empresa. Para tanto, é essencial saber quais perfis que o negócio mais atende, sua idade, poder aquisitivo, hábitos de consumo, dentre outras informações importantes.

Conhecendo o tipo de cliente que você costuma ter, é possível focar na produção de conteúdo para sua persona, representação ideal do consumidor de seu empreendimento. Ao resolver problemas e dores da sua persona, você nutre seus leads com temáticas mais direcionadas e eficientes.

3. Esquecer os CTAs

Ao finalizar um conteúdo, algumas companhias tendem a se preocupar apenas com seu título e criar mensagens sem um Call to Action (CTA), deixando de motivar o lead a avançar no funil de vendas e, assim, perdendo uma grande oportunidade de convertê-lo.

Para não cometer esse erro, invista na inserção de chamadas curtas e objetivas para algum tipo de ação estratégica em cada mensagem que você divulgar. Lembre-se de fazer com que seu CTA se destaque. Seja sinalizado com uma cor diferente, com negrito ou simplesmente criando um parágrafo próprio, tente fazer com que seu público realize a ação ali descrita.

4. Deixar os leads frios no seu fluxo de nutrição

Muitas empresas ainda cometem o erro de não identificar os leads que percorreram a jornada de e-mails e ainda assim não mostraram interação com a nutrição.

Para resolver a situação, vale criar uma lista para separar os chamados “leads frios” dos demais e saber quais clientes em potencial estão realmente interessados na nutrição que você oferece.

Apenas assim você poderá identificar os argumentos mais poderosos que influenciam na taxa de conversão e quais chamadas devem ser reformuladas a fim de aumentá-la.

E então, entendeu de vez como evitar os principais erros cometidos pelas empresas na nutrição de leads? Assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma dica para se destacar no mercado digital!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestShare on TumblrShare on StumbleUponDigg thisFlattr the authorShare on RedditBuffer this pageEmail this to someone
Copyright © 2017 ABRADi-SC
Inbound Marketing:Conteúdo:Imprensa: