remarketing-aumentando-a-taxa-de-conversao-do-seu-negocio.jpeg

Remarketing: aumentando a taxa de conversão do seu negócio

2 de maio de 2017 Categorias (1) Tags (1)

Alguns dados sobre e-commerce são alarmantes: 96% das pessoas saem de uma loja virtual sem comprar nada, e 49% visitam pelo menos quatro sites para efetuar a compra.

Dado esse contexto, surge o remarketing: ele existe para que os usuários lembrem-se de sua marca e de seus produtos, terminando, assim, as compras que começaram a fazer.

Para saber mais sobre o assunto, continue nos acompanhando! Demonstraremos qual a importância desta ferramenta e quais as principais formas de utilizá-la.

O que é remarketing?

Podemos definir remarketing como uma ferramenta para marcar e identificar usuários que já visitaram seu site. Logo depois disso, são exibidos anúncios personalizados para eles — de acordo com a busca que fizeram. 

Utilidade

O objetivo da ferramenta é, de forma geral, aumentar o número de conversões. Como vimos, a maioria das pessoas não compram após seu primeiro contato com uma loja virtual. O remarketing faz com que a marca e o produto continuem na mente do usuário, com o intuito de levá-lo para o próximo passo no funil de vendas.

Funcionamento

Após um visitante checar seu site, ele será marcado por um cookie de identificação. Quando esse mesmo usuário estiver navegando em sites como o Facebook ou páginas parceiras do Google, poderá ver um anúncio personalizado. 

Normalmente, o cookie que lembra da sua visita anterior dura 30 dias, mas isso pode sofrer alterações dependendo da plataforma utilizada. Para que todo processo tenha início, pode ser necessária a instalação de uma tag em seu site.

A ferramenta deve ser configurada de acordo com estratégia previamente definida. Por exemplo: você pode segmentar sua campanha apenas para os usuários que pesquisaram determinado item, ou para os que abandonaram seu carrinho de compras.

Contribuição na taxa de conversão

Para aumentar suas taxas de conversão, você pode segmentar suas listas de remarketing para os estágios da compra, ou seja, quando o usuário:

  • procurou por algum tipo de produto;
  • viu algum produto;
  • abandonou o carrinho de compras;
  • comprou algum produto.

Nos três primeiros casos, os anúncios levarão em consideração cada ação do usuário. Já no último, você deverá elaborá-lo pensando em produtos que sejam úteis ou adicionem valor à última compra.

Imagine a compra de um smartphone. Logo depois disso, a mesma loja poderia veicular anúncios de capas, fones baterias e películas compatíveis com o modelo comprado. Isso seria uma forma de abordar novamente o cliente após uma compra bem-sucedida! 

Algumas estatísticas demonstram como a ferramenta pode melhorar a taxa de conversão:

Quais as formas de fazer remarketing?

Existem muitos sistemas de publicidade online que utilizem desta ferramenta. Citaremos, agora, aqueles que pertencem ao Google e Facebook, amplamente utilizados no Brasil. Confira: 

Rede de Display

A Rede de Display do Google atua em sites parceiros de empresas que disponibilizam espaços em suas páginas para anúncios pagos.

Diferentemente dos demais tipos de anúncio da rede, o remarketing pode atingir outros canais (ou seja, páginas com outros assuntos), uma vez que a ação do usuário no site já é relevante.

Veja também: os 5 erros mais comuns em campanhas de Adwords

Rede de Pesquisa

Ao contrário da Rede de Display, a Rede de Pesquisa mostrará anúncios apenas em textos nos aplicativos de pesquisa do Google. São eles: 

  • Google Maps;
  • Google Shopping;
  • Google Imagens;
  • pesquisa do Google;
  • grupos do Google;
  • sites parceiros de pesquisa. 

Em todos esses casos, o anúncio será somente ativado se o usuário buscar pela palavra-chave do seu produto. 

Facebook

O Facebook Ads funciona de forma similar à Rede de Display. Os anúncios são exibidos na própria rede social, e configurados a partir do pixel inserido no site — que consegue monitorar ações específicas do usuário. Os anúncios podem ser igualmente segmentados.

Quase 70% dos carrinhos de compra são abandonados, e uma boa forma de diminuir esse índice é utilizando o remarketing. Você poderá abordar a eficiência, preço, formas de entrega e eventuais promoções para que o consumidor possa reconsiderar comprar o produto! 

E aí, entendeu a eficácia do remarketing? Então siga nossa página no Facebook e acompanhe postagens mais relevantes como esta!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestShare on TumblrShare on StumbleUponDigg thisFlattr the authorShare on RedditBuffer this pageEmail this to someone
Copyright © 2017 ABRADi-SC
Inbound Marketing:Conteúdo:Imprensa: