direito-de-uso-de-imagem-na-internet-4-pontos-essenciais-para-o-cotidiano-do-marketing.jpeg

Direito de uso de imagem na internet: 4 pontos essenciais para o cotidiano do marketing

3 de novembro de 2016 Categorias (1) Tags (1)

Qualquer mensagem fica mais interessante quando acompanhada de alguma imagem, e além de quebrar os textos, dando um descanso para os olhos, as fotos, ilustrações ou os gráficos ajudam o leitor na memorização do conteúdo. Portanto, o uso de imagem na internet é algo imprescindível para o marketing.

Mas assim como filmes, livros e músicas, a imagem também é protegida legalmente. Da mesma forma que um escritor dispõe dos direitos autorais da sua obra, um fotógrafo ou um designer gráfico possui os direitos sobre as imagens que produz — e o uso indevido é caracterizado como crime.

Mas não se preocupe. Na internet existem diversas formas legais de utilizar imagens. Por isso, separamos, neste post, 4 pontos essenciais para você ficar ligado. Acompanhe!

Entenda os diferentes tipos de licença

Não existe apenas um tipo de direito de uso de imagem na internet. Entenda o que cada termo significa:

Royalty Free

Não possuem direitos controlados. A imagem pode ser usada para qualquer fim, exceto pornografia, violência, difamação e outras limitações.

Creative-Commons

É uma ONG americana que nasceu com o objetivo de desburocratizar o uso de imagens sem direitos. Funciona assim: você tira uma foto da praia nas férias e publica na internet. Como as pessoas saberão se podem utilizar a imagem? O Creative-Commons criou um conjunto de licenças para que todos saibam o que pode ou não pode fazer com o conteúdo disponível on-line.

Domínio público

São imagens de livre uso, pois já perderam o direito autoral com o passar do tempo.

Sempre que você for acessar algum site em busca de imagens, procure pela licença. Muita atenção para o Creative-Commons, pois algumas das licenças não permitem o uso comercial ou a edição da imagem. E cabe lembrar que as imagens de domínio público ainda contém os direitos morais, por isso, não vale usar de formas que prejudiquem a pessoa do autor.

Tenha cuidado com o uso de imagem nas redes sociais

É preciso cuidado na hora de postar qualquer tipo de imagem nas redes sociais. Os memes, por exemplo, são populares por espalhar o humor pela internet. Mas quando absorvidos para uma campanha publicitária, acabam subvertendo sua finalidade. É preciso pesquisar bastante antes usá-los. Se o meme fizer uma referência direta a alguma pessoa, é melhor não arriscar.

Dê o devido crédito para as imagens

Alguns tipos de direito de uso de imagem exigem o crédito. Para creditar é simples: basta incluir um link para o site ou o perfil do fotógrafo. Geralmente os próprios autores já especificam a forma que preferem ser creditados e disponibilizam o link. Se essa informação não estiver disponível, faça menção ao local que você encontrou a imagem.

Siga o caminho da licença

Antes de mais nada, procure o tipo de licença disponível. Se não houver, não use a imagem. Se houver, siga as premissas que o autor determinou. Somente então você poderá publicar a imagem sem correr nenhum risco de estar infringindo a lei.

Com esses pontos essenciais você já pode fazer o uso de imagem na internet sem se preocupar. Agora que você já sabe mais sobre o assunto, que tal conferir este artigo sobre storytelling e ficar por dentro da melhor técnica de marketing para apresentar empresas?

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestShare on TumblrShare on StumbleUponDigg thisFlattr the authorShare on RedditBuffer this pageEmail this to someone
Copyright © 2018 ABRADi-SC
Inbound Marketing:Conteúdo:Imprensa: