gestao-de-leads-5-erros-que-voce-nao-pode-cometer.jpeg

Gestão de leads: 5 erros que você não pode cometer!

18 de outubro de 2016 Categorias (1) Tags (1)

Para uma gestão de leads eficiente, é fundamental compreender como funciona o sistema de Inbound Marketing e entender cada etapa do seu funil, associando-as aos processos de venda de sua empresa. Mas afinal, você sabe o que é um lead?

O lead é uma oportunidade de negócio que um contato representa para a sua empresa. Ele fornece, voluntariamente, dados pessoais em troca de algum conteúdo de seu interesse.

Para que a sua empresa consiga gerenciar seus contatos de maneira correta, listamos aqui os 5 erros que você não pode cometer na gestão de leads. Confira!

Não definir o público corretamente

Ao implantar uma estratégia de marketing digital, é fundamental que a sua empresa possua uma definição clara de quem é o seu público-alvo e quem se deseja atingir com as estratégias elaboradas. Mas por que isso é tão importante?

Simples: sem essa definição, você corre o risco de perder tempo e dinheiro oferecendo materiais a um público que não se interessa pelo seu produto ou serviço. Essa atitude pode representar um grande prejuízo para o negócio, pois irá demandar, do seu time de vendas, uma atenção para contatos não trarão nenhum retorno à sua empresa.

Coletar informações desnecessárias

Se você não identificar seu público corretamente, você não conseguirá levantar informações realmente relevantes para a sua estratégia. Para uma gestão de leads de sucesso, você deve fazer as perguntas certas no momento certo.

Colocar muitos campos de informação em sua landing page, por exemplo, além de gerar informações irrelevantes, poderá afastar prospects que seriam realmente interessantes para a sua empresa. Além dos tradicionais campos de e-mail e nome, recomenda-se ainda o campo de cargo, segmento de atuação e qualquer outra informação que você considere um gatilho para o seu time de vendas.

Tratar todos os leads igualmente

Cada lead gerado possui um tipo de necessidade específica e uma posição estratégica em seu funil de vendas. Mandar conteúdos de topo de funil para que já está em seu fundo de funil, por exemplo, pode tornar desinteressante o contato do lead com a empresa.

Cada etapa do funil demanda um tipo correto de conteúdo. Sabendo identificar onde o seu lead se encontra, você será capaz de perceber quem precisa de mais informação e quem já está pronto para adquirir seus produtos ou serviços.

Qualificar errado os seus leads

Sua estratégia está funcionando perfeitamente e você está gerando toneladas de leads para a sua empresa. Mas quem ali realmente é um cliente em potencial?

Este cliente em potencial é um lead qualificado e, para identificá-lo, é fundamental pontuar as informações fornecidas e as interações feitas com o seu conteúdo. Um lead que abriu um e-mail marketing sobre seus produtos, por exemplo, ganha um ponto na sua qualificação. Se, em seu formulário, ele afirmou ser um diretor de empresas, então acrescenta-se então mais dois pontos nesta classificação.

Esta qualificação serve para que o seu time de marketing entregue leads que apresentem grandes chances de se tornarem negociações para o time de vendas.

Ignorar as ações do time de vendas

De nada vale criar uma super estratégia de marketing digital e gerar muitos leads se o seu time de vendas não entrar em contato e deixar as oportunidades passarem. Para o sucesso absoluto da sua estratégia, é necessário uma equipe de vendas ativa, bem preparada e alinhada com as estratégias de marketing digital.

Agora que você conhece os erros que não podem ocorrer em uma gestão de lead, aproveite para entender a diferença entre marketing de conteúdo e inbound marketing! Nos vemos no próximo post!

 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestShare on TumblrShare on StumbleUponDigg thisFlattr the authorShare on RedditBuffer this pageEmail this to someone
Copyright © 2018 ABRADi-SC
Inbound Marketing:Conteúdo:Imprensa: