planejamento de marketing

5 dicas para criar um planejamento de marketing que dê resultado

23 de março de 2016 Categorias (2) Tags (8)

Muito provavelmente você leu, por aí, incontáveis dicas sobre planejamento de marketing que pouco (ou nada) lhe foram relevantes, não é mesmo? A realidade, dura e crua, é que não existe uma receita mágica. Quem busca bons resultados precisa, indiscutivelmente, de três fatores básicos: trabalho, comprometimento e astúcia.

Os dois primeiros fatores só dependem de você. Mas, quanto ao último, estamos aqui exatamente para ajudá-lo a pensar estrategicamente e a desenvolver táticas campeãs em total consonância com sua realidade orçamentária.

Ficou curioso? Então acompanhe, a seguir, 5 dicas parar criar um planejamento de marketing de sucesso. Vamos lá:

1 – Tenha objetividade ao traçar metas

O primeiro passo para se atingir metas é definir os objetivos adequados para cada caso. Toda meta digital deve ser pertinente com o seu nicho, sua estratégia, perfil da empresa e do público-alvo. Lembre-se: o sucesso está nos detalhes e, para atingi-lo, é preciso dar um passo de cada vez.

Pense comigo: em um e-commerce, o objetivo é vender mais, certo? Então por que no meio da sua estratégia de links patrocinados, por exemplo, haveria campanhas configuradas para atingir o maior alcance possível? Fazer isso é como dar um tiro com os olhos vendados tentando acertar um pequeno alvo. Em outras palavras: nada inteligente do ponto de vista estratégico. Seja direto e explique a necessidade da objetividade das metas para o seu plano de marketing.

2 – Tenha um cronograma e atente-se a ele

Um dos principais problemas com o cumprimento do planejamento de marketing são os prazos não respeitados. O não cumprimento dos cronogramas atrapalha todo o fluxo de produção e veiculação das suas ações. Controle-o diariamente e identifique com antecedência possíveis rupturas, para evitar atrasos e possíveis prejuízos.

3 – Faça um planejamento baseado no retorno que você quer ter

Todas as suas ações de marketing devem ter como objetivo o tipo de retorno que você precisa obter. Vender mais? Todas as ações devem mirar nisso. Aumentar a exposição da marca? Trabalhe com branding, rede de display, peças institucionais,redes sociais. Aqui, simplicidade e foco resumem tudo.

4 – Saiba que segmentar significa saber dizer não

Ao definir seu público-alvo, você não deve apenas definir o consumidor que deseja impactar com suas ações, mas também aquele que não está dentro do perfil e deve ser ignorado. Isso pode parecer estranho, mas ao desenhar o perfil de personas para orientar o planejamento de marketing, será necessário reduzir ao máximo até uma descrição que sintetize a maior parte do seu público. Não queria ser abrangente demais, para não pulverizar os seus esforços.

5 – Faça um acompanhamento em tempo real

Assim como o cronograma, seus indicadores de desempenho devem ser acompanhados periodicamente e com a maior frequência possível.

E-commerces e grandes portais precisam ficar de olho no comportamento do seus visitantes em tempo real, para identificar possíveis mudanças que possam indicar oportunidades ou riscos a serem evitados.

Sabemos que nem todos podem se dar ao luxo de monitoramento em tempo real. Mas reduza a janela da avaliação dos indicadores, para não dormir no ponto e perder insights valiosos para sua estratégia.

E por falar em monitoramento, que tal conhecer 5 métricas utilizadas em startups? Elas irão te ajudar a expandir o seu olhar em relação aos indicadores avaliados em cada estratégia. Não deixe de conferir!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestShare on TumblrShare on StumbleUponDigg thisFlattr the authorShare on RedditBuffer this pageEmail this to someone
Copyright © 2018 ABRADi-SC
Inbound Marketing:Conteúdo:Imprensa: